Conceição do Mato Dentro enfrenta crise provocada por incêndios

Conceição do Mato Dentro enfrenta uma série de incêndios florestais desde a semana passada. Segundo o 3° Pelotão do Corpo de Bombeiros de Belo Horizonte, responsável por Conceição, a situação está parcialmente controlada, mas nesta segunda (23) ainda há focos concentrados na região dos distritos de Itacolomi e Ouro Fino.

Trecho da MG10, próximo a Conceição do Mato Dentro, em chamas

O capitão dos Bombeiros Militar Nonato informou que há 45 brigadistas atuando na região, que é monitorada por drones e uma aeronave. Ainda não se sabe a dimensão da área atingida pelo fogo. Devido às consequências do grande incêndio no Monumento Natural Serra da Ferrugem, a Prefeitura de Conceição do Mato Dentro decretou, na sexta-feira (20), estado de emergência. A medida, segundo informou o Executivo, foi necessária para oficializar junto ao Estado a gravidade da situação no município.

A prefeitura também se manifestou em relação à situação crítica da cidade. Em publicação na rede oficial do Executivo, o prefeito Zé Fernando disse que estão sendo utilizados veículos com equipamentos de combate, como bombas cristais e abafadores, além de dois caminhões pipa do município.

Foi informado ainda que o incêndio na Serra da Ferrugem danificou a linha de transmissão de energia elétrica, comprometendo assim o fornecimento de luz e abastecimento de água.

A implantação de um posto avançado do Corpo de Bombeiros em Conceição do Mato Dentro (CMD) foi discutida nesta segunda-feira (23), em uma audiência pública realizada na Cidade Administrativa, em Belo Horizonte. O município enfrenta uma série de incêndios florestais desde a semana passada e precisa contar com ajuda do 3° Pelotão do Corpo de Bombeiros de Belo Horizonte para controlar as chamas.

A mineradora Anglo American informou que sua brigada de emergência ambiental está alerta e em operação para combater os focos de incêndio e que os trabalhos são realizados juntamente com as Defesas Civis, Policia Militar Ambiental e Instituto Estadual de Florestas (IEF), contando com a colaboração da população.

Segundo relatos de moradores e vídeos em grupos de Whatsapp, há hipótese destes incêndios terem se originado de forma criminosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *