Empreendimento Minas-Rio ganha batalha no COPAM-MG com bastante polêmica

A situação no Brasil está ficando cada vez mais tendenciosa para o lado econômico. O governo em crise esquece totalmente o meio ambiente e pensa somente em tampar seus rombos gerados pela corrupção.

Por 14 votos a 2, o empreendimento Minas-Rio da Anglo American, venceu mais uma batalha no COPAM-MG com bastante polêmica em um evento que durou mais de 6 horas e sem respostas conclusivas dos técnicos responsáveis ou irresponsáveis pela condução do nosso bem comum, que é a natureza.

No decorrer do evento, foi perguntado aos “responsáveis” se havia, até o presente momento, alguma condicionante descumprida pelo empreendimento. Após muita enrolação, os técnicos assumiram que restavam algumas condicionantes descumpridas, mas mesmo assim foram desfavoráveis ao recurso dos atingidos.

Os peixes próximos ao empreendimento estão morrendo e a natureza ao redor está explodindo literalmente. Mas não, eles pensam somente no dinheiro! A pergunta que eu faço é: Como modificar o sistema de forma justa e igualitária para a não interferência estatal em ocasiões desta natureza?

É fato que o Brasil vive numa crise sem precedentes e que o governo precisa tomar medidas para estruturar financeiramente a nação, mas a que preço? Precisamos realmente vender a moral e nossa natureza para equilibrar a balança econômica?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *