O coração das águas de BH está cansando

Muita gente não sabe que a água potável da Região Metropolitana de Belo Horizonte depende, em grande parte, de um lugar chamado Sinclinal Moeda. São 80 quilômetros, que vão desde a capital até Congonhas, ocupados por essa estrutura geológica que funciona como uma caixa d’água natural, por abrigar cavernas no subsolo onde várias nascentes existem. Esse lugar está em risco, e nesse filme, terceiro conteúdo da série especial “As águas de Belo Horizonte”, nós do Lei.A começamos a explicar o por quê.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *